O Mercado do Leite 2020

Texto
AGROS

Resumo
A subida das entregas de leite que se vinha a verificar desde 2019 (com crescimento de 3,58% face a 2018), continuou em 2020, embora com valores de crescimento sucessivamente mais baixos, registando-se um crescimento de 1,67% face a 2019. Este comportamento não foi similar em todos os Estados-Membros, verificando-se que países como o Chipre, o Luxemburgo e a Bulgária apresentam crescimentos elevados (14,5%, 6,3% e 5,4% respetivamente), apesar de terem um baixo peso nas entregas totais da UE, mas outros países como Itália, República Checa e Irlanda (4,4%, 4,3% e 3,8%, respetivamente), apesar de em menor valor percentual, são contudo grandes produtores. De salientar que a variação da produção da UE foi bastante influenciada pelo peso global das entregas de países como Espanha e Polónia, que apresentaram crescimentos acima de 2%.